cartelImaginarioInfanti

2013 no imaginário infantil faz parte do “Mapping the Commons”, projeto realizado em cidades como Atenas, Istambul, Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte com o objetivo de mapear os comuns em disputa nesses locais. A intenção deste trabalho, especificamente, foi estudar o imaginário infantil carioca por considerá-lo um “lugar” de disputa de sentidos ainda mais vulnerável, já que se trata de indivíduos em formação. Por acreditarmos que as imagens formadas na infância podem contribuir para a formação do cidadão de amanhã, tornou-se emergente mapear de que maneira as crianças estavam assimilando os acontecimentos do histórico ano de 2013. Infelizmente, encontramos em suas falas e em seus desenhos a reprodução do discurso hegemônico que insiste em deslegitimar e criminalizar as práticas democráticas de reivindicação de direitos. O desafio agora é pensar em alternativas que ajudem na ressignificação das ideias absorvidas por esse devir-cidadão.

Abaixo, os parâmetros básicos utilizados na pesquisa:

Atores: crianças entre 5 e 12 anos.

Processo: assimilação dos acontecimentos de 2013.

Conflito: absorção e a reprodução dos discursos hegemônicos que deslegitimam e criminalizam as práticas democráticas de reivindicação de direitos.

Participantes: Ana Fabrícia Tomaszewski, Cael Coelho, Francine Tavares e Ingrid Machado.

Coordenação: Pablo De Soto.

Agradecimentos: Rafael Rodrigues (professor entrevistado), Maurício Hora (fotógrafo/Providência), Cristiano Magalhães (colaborador/Providência), Carlinhos (colaborador/Camarista), Luiz Otávio (colaborador/Camarista), Tatiana Menezes (colaboradora), Carolina e Fabiana (colaboradoras/Providência), Márcio Lanna (colaborador/Camarista).

A pesquisa é abordada em maior profundidade no artigo Educação, Comunicação e Devir-cidadão: um Olhar Sobre o Imaginário Infantil dos Protestos Multitudinários de 2013 , disponível aqui: academia.edu/6860374/Educacao_Comunicacao_e_Devir-cidadao_um_Olhar_Sobre_o_Imaginario_Infantil_dos_Protestos_Multitudinarios_de_2013._1

Conheça todos os trabalhos do “Mapping the Commons”, a metodologia e a base teórica em: mappingthecommons.net/pt/

Curta a fanpage do projeto: facebook.com/mappingthecommons

Participe também das discussões dia a dia no grupo do Facebook:
facebook.com/groups/228350560654981