O MediaLab.UFRJ vem explorando diferentes formas de cartografia como estratégia de pesquisa em ciências sociais e humanas:

Cartografia de controvérsias
Seguindo as pistas da teoria ator-rede, a cartografia de controvérsias explora a cadeia de produção de disputas sociotécnicas, científicas e políticas a partir dos rastros das mediações e traduções produzidas pelos seus atores e suas redes. As cartografias aqui apresentadas foram elaboradas por alunos de mestrado e doutorado inscritos na disciplina Cartografia de Controvérsias, coordenada por Fernanda Bruno, no PPGCOM/UFRJ.

Cartografia de rastros digitais
A web se constituiu num território movente que abriga os rastros de nossas ações. Cartografar estes rastros é uma tentativa de compreender e visualizar a formação de redes e processos coletivos que compõem o repertório heterogêneo de problemas, lutas e subjetivações de nossa atualidade. As cartografias efetuadas até então foram construídas a partir dos rastros digitais do Twitter.

Mapping the Commons
Estudo coletivo voltado para a cartografia de commons nas metrópoles.