III Colóquio Internacional Gilbert Simondon – Individuação e Inovação acontece entre os dias 30 de outubro e 01 de novembro, no Museu do Amanhã e na Escola de Comunicação da UFRJ. Dando seguimento aos dois primeiros Colóquios realizados em Buenos Aires, em 2013 e 2015, esta edição tem como objetivo trazer ao Brasil os debates mais recentes acerca da obra do filósofo francês. A programação inclui palestras de aproximadamente vinte pesquisadores nacionais e internacionais e um workshop.

Faz pouco mais de uma década, quando a lista dos nomes centrais da filosofia francesa do pós-guerra parecia encerrada, surgiu Gilbert Simondon (1924-1989). Embora tenha sido reconhecido cedo como um importante filósofo da técnica e exercido uma influência considerável sobre o seu colega Gilles Deleuze, Simondon foi redescoberto em todas as suas dimensões apenas alguns anos após a sua morte. Seu pensamento original sobre a técnica, e, sobretudo, sua teoria da individuação, dialogando com temáticas capitais do mundo contemporâneo como inovação, cibernética e teoria da informação, foram sendo recuperadas quase simultaneamente na França, na Inglaterra, nos Estados Unidos e na América Latina.

O evento é realizado pelo MediaLab.UFRJ, Programa de Pós-Graduação em Filosofia da UFRJ, Universidade de Buenos Aires, Universidade Estadual de Campinas, LAVITS – Rede Latino-Americana de Estudos em vigilância, tecnologia e sociedade, Museu do Amanhã e CIDES (Centre international des études simondoniennes) – Maison de Sciences de l’Homme, Paris Nord, França. Conta com o apoio da Fundação Ford, do Consulado Geral da França no Rio de Janeiro e do Instituto Francês do Brasil.

Inscrições aqui.

PROGRAMAÇÃO

30/10 | Escola de Comunicação da UFRJ

Oficina de apropriação de redes locais: política e culinária do LibreMesh

Horário: 14h00 – 17h00

Local: MediaLab.UFRJ, Escola de Comunicação/UFRJ, Sala 106 | Av. Pasteur nº 250, Campus Praia Vermelha – Urca

O objetivo da oficina de LibreMesh é explicitar os esquemas de funcionamento de um objeto técnico específico e com o qual nos conectamos cotidianamente, qual seja, o roteador de rede local sem fios (WLAN), mais conhecido por Wi-Fi, relacionando-o aos conceitos de objeto aberto e objeto fechado desenvolvidos por Simondon.

LibreMesh é um firmware utilizado por redes comunitárias que, quando instalado nos roteadores WLAN, altera o funcionamento dos aparelhos que passam a desempenhar funções inicialmente imprevistas em sua configuração de fábrica. A oficina deve percorrer o passo a passo de instalação do LibreMesh na prática, um processo que é cheio de metáforas culinárias, e que dá a ver os potenciais de funcionamento das redes locais. A oficina será realizada em parceria com a Coolab, uma cooperativa de redes livres criada para “fomentar infraestruturas autônomas”. Deve seguir-se de um debate com pesquisadores, ativistas e demais interessados.

A entrada no workshop será aberta ao público (sem necessidade de inscrição), por ordem de chegada e sujeita à lotação do espaço.

Mais informações.

Conferências de Abertura
Horário: 17h00 – 19h00

Local: Auditório da Central de Produção Multimídia (CPM), Escola de Comunicação/UFRJ

Palestrantes:

  • Jean-Hugues Barthélemy “Do enciclopedismo genético à ecologia humana”
  • Vincent Bontems “A noção de inovação à luz de Simondon e das metodologias da concepção”

Lançamento e apresentações de livros

Horário: 19h00 – 20h00

Local: Auditório da Central de Produção Multimídia (CPM)

31/10 | Museu do Amanhã

Mesa temática 1

Horário: 10h00 – 12h00

Palestrantes:

  • Luiz Alberto Oliveira (Museu do Amanhã): “Metaestabilidade e Inovação”
  • Fernando Fragozo(UFRJ): “Teleologia, acontecimento, invenção”
  • Pablo “Manolo” Rodriguez / Juan Manuel Heredia (Universidade de Buenos Aires): “Em que se reconhece o simondonianismo? Além e através do transindividual”.

Mediação:

  • Fernanda Bruno (UFRJ)

Almoço

Mesa temática 2

Horário: 13h30 – 15h30

Palestrantes:

  • Darío Sandrone/Javier Blanco (Universidade Nacional de Córdoba): “Reflexões sobre a ciência dos indivíduos técnicos: uma aproximação da influência da obra de Jacques Lafitte no pensamento de Gilbert Simondon”
  • Jorge Montoya (Universidad Nacional da Colômbia): “Memória técnica e cultura da reparação. Uma perspectiva simondoniana”.
  • Fernanda Bruno (UFRJ): “Temporalidade, tecnicidade e transindividualidade: pensamento-gambiarra”.

Mediação:

  • Pablo “Manolo” Rodriguez

Coffee Break

Mesa temática 3

Horário: 16h00 – 18h00

Palestrantes:

  • Pedro Ferreira (UNICAMP): “Zen e a arte da manutenção do vínculo”.
  • Christine Greiner (PUC-SP): “Corpo e dança no Japão: ressonâncias simondonianas”.
  • Manoel Ricardo de Lima (UNIRIO): “Benjamin, Simondon: o circo, a montanha russa”

Mediação:

  • Fernando Fragozo (UFRJ)

01/11 | Museu do Amanhã

Mesa temática 4

Horário: 10h00 – 12h00

Palestrantes:

  • Lina Marcela Gil (Universidad de Antioquia): “Psicologia social e individuação na obra de G. Simondon”.
  • Zeto Bórquez (Universidad de Chile e Universidade Católica de Louvain): “Psicofisiologia e Fisiomecanologia”.
  • Henrique Antoun (UFRJ): “Sociedade de Controle, Individuação e o Fantasma no Terminal”

Mediação:

  • Virgínia Kastrup

Almoço

Mesa temática 5

Horário: 13h30 – 15h30

  • Maurício Lissovsky (UFRJ): “A Fotografia segundo o princípio de individuação”
  • Virgínia Kastrup (UFRJ): “Simondon intercessor da psicologia – imagem, atenção e invenção”
  • Gonzalo Aguirre / Natalia Ortiz Maldonado (Universidade de Buenos Aires): “Ressonâncias e esquematizações transindividuais: em busca do objeto normativo”.

Mediação:

  • Ícaro Ferraz

Coffee Break

Encerramento

Horário: 16h00 – 18h00

Projeção do filme “Xapiri”, seguido da conferência “Downloads xamânicos”, por Laymert Garcia dos Santos (UNICAMP)
Mediação: Luiz Alberto Oliveira